Uma amostra da verdadeira face do movimento LGBT


Quinta, 21 Março 2013 02:20
Escrito por Damares Alves

** Testemunho retirado do Facebook sobre a confusão armada pelos militantes gays na primeira reunião da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados, agendada para o dia 20/03/2013.

Acabei de sair da reunião da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados.

Eu estava trabalhando, cumprindo minha função e quase fui agredida.

Hoje seria discutido o tema referente aos portadores de transtornos mentais e os manicômios no Brasil. Um debate que estava sendo solicitado há mais de dois anos .

A Audiência Pública seria em parceria com a Comissão de Direitos Humanos e a Comissão de Seguridade Social e Saúde, ambas da Câmara dos Deputados. E ela estava sendo presidida pelo Deputado Henrique Afonso, que é do PV.

O Movimento Gay estava lá e seus militantes não deixaram o debate acontecer.

Foi horrível! Lamentável!

No lugar onde eu estava sentada, ao lado do Deputado Eurico (de Pernambuco) eu quase fui agredida e o deputado também.

A discussão do tema foi solicitada pelo Deputado Henrique Afonsos do PV/AC.

Este parlamentar, um homem sério, tem grande atuação na área e demonstra grande preocupação com os doentes mentais no Brasil e com a execução das políticas públicas voltadas para este público.

Um tema tão importante não foi debatido, os parlamentares foram agredidos verbalmente e por pouco não houve agressões fisicas. Alguns, inclusive, tiveram que sair do plenário acompanhados de policiais. A exemplo do Deputado Jair Bolsonaro e Marcos Feliciano.

Resumindo: o Movimento Gay não deixa que outras minorias e outros segmentos sejam atendidos pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados

Sabem porque?

Fiquem atentos, o interesse é memo financeiro, pois o Movimento Gay, em espacia a ALGBT querem mesmo são emendas orçamentárias aprovadas naquela Comissão para o Orçamento da União.

Teve um ano que passou de 11 milhões de reais. Isto é público. Tem até um veio circulando aí que o presidente da ALGBT manifesta seus agradecimentos os pela liberação do valor.

Creio que todos os manifestantes que estavam lá são financiados com recursos públicos.

E os doentes mentais? Bem, hoje eles tiveram seus direitos cassados pelo Movimento Gay.

Veremos de quem mais eles vão cassar os direitos nas próximas reuniões pois os militantes que estavam lá disseram que não vão deixar nenhum debate acontecer naquela Comissão.

Não estou aqui entrando nesta guerra que estão promovendo contra o Pastor Marcos Feliciano, mas depois que vi hoje, depois que fizeram com os doentes mentais do Brasil, não posso ficar calada.

Eu sei que vivo em um país democrático. Mas começo a ficar na dúvida.

Fica aqui registrado meu repúdio e minha indignação.

Fonte: Veritatis Splendor – Uma amostra da verdadeira face do movimento LGBT

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: