Juiz que cancelou união gay diz que STF ‘ultrapassou limites’


 

20/06/2011 – 08h03

Juiz que cancelou união gay diz que STF ‘ultrapassou limites’

Publicidade

RODRIGO VIZEU
LUIZA BANDEIRA
FOLHA DE SÃO PAULO

O juiz Jeronymo Pedro Villas Boas, que cancelou na última sexta-feira (17) um dos primeiros contratos de união civil entre homossexuais do país, disse que não tomou a decisão por discriminação.

OAB repudia decisão de juiz que anulou união gay em Goiânia

Ele anulou o registro de união estável do jornalista Liorcino Mendes, 47, com o estudante Odílio Torres, 23. Foi o primeiro caso em Goiás após o Supremo Tribunal Federal reconhecer a união entre casais do mesmo sexo como entidade familiar.

Segundo Villas Boas, da 1º Vara da Fazenda Pública de Goiânia, a decisão do STF “ultrapassou os limites” e é “ilegítima e inconstitucional”.

Ele argumentou que o direito à união homossexual “inexiste no sistema constitucional brasileiro”. Ele afirmou que não quis confrontar o Supremo, mas “só seguir a Constituição”.

O juiz afirmou ainda que defende que os homossexuais sejam livres para ter qualquer tipo de relação, mas “essas pessoas não podem querer a aceitação dos demais membros da sociedade como se fosse natural”.

Sobre possíveis sanções por descumprir ordem do STF, ele disse que “um juiz não pode temer isso e tem que exercer suas decisões de forma independente”.

Arquivo pessoal-9.mai.11

Liorcino Mendes, 47, e Odílio Torres, 23, que vivem juntos há mais de um ano, no dia em que registraram sua união estável

Liorcino Mendes, 47, e Odílio Torres, 23, no dia em que registraram sua declaração de união estável

DE OFÍCIO

Além de cancelar o registro do casal, o magistrado também determinou que os cartórios de Goiânia não realizem mais a união entre gays. Ele tomou a decisão de ofício, ou seja, sem ser questionado a respeito.

A conclusão do STF teve efeito vinculante, o que significa que deve ser seguida pelas instâncias inferiores –Villas Boas é juiz de primeira instância.

Mendes, que preside o grupo Articulação Brasileira de Gays, disse que a decisão do juiz é um desrespeito às regras do Estado democrático. “Vejo-me frustrado agora por desacreditar nas instituições. Pago imposto para pagar o salário de um juiz que me discrimina”, disse.

Mendes afirmou que sua advogada vai recorrer ao Tribunal de Justiça de Goiás e protocolar uma reclamação no STF por Villas Boas ter descumprido a ordem da instância máxima do Judiciário.

Ontem (19), o presidente em exercício da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Miguel Cançado, divulgou nota repudiando a decisão judicial, que classificou como “um retrocesso moralista”.

Folha.com – Cotidiano – Juiz que cancelou união gay diz que STF ‘ultrapassou limites’ – 20/06/2011

Anúncios

One response to this post.

  1. Homo significa “homem”, “raça humana, humanidade”, como: homo sapiens, tanto p/ homens como p/ mulheres, portanto homossexual seria homem(mulher) sexual, termo inventado pq não existe o 3° sexo. Gay = alegre e outros + pejorativos. Existe no dicionário hermafrodita, pois existem pessoas que nascem com os 2 sexos e podem optar por um fazendo uma cirurgia. Se o gay é gay por problemas sociais, familiares, econômicos, hormonais, genéticos eu não sei. Até pouco tempo era considerado distúrbio de personalidade, doença. Não é como o canhoto, o cego, o paralítico, o negro, o branco, o amarelo. Acredito que a maior pte deles(as) não consegue mesmo controlar o desejo por pessoas do mesmo sexo e os aceito. Sou contra a violência e a favor da tolerância. Só que jovens na tenra idade, tímidos, que sofrem uma decepção amorosa, hoje em dia não pensam 2 xs p/ experimentar algo c/ o amigo com quem tem interesses em comum. É + cômodo. Então basta à Apologia! Parabéns, juiz!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: