A Origem bíblica dos ditados…


 

“Mais vale um pássaro na mão do que dois voando”
Elias, quando era alimentado pelos corvos.

“Quando um não quer dois não brigam”
José explicando mais tarde aos irmãos porque fugiu da mulher de Potifar.

Depois da tempestade vem a bonança”
Um casal de papagaios na arca de Noé.

“Amigos, amigos, negócios à parte”
Davi a Jônatas antes de ser o rei.

“Nunca diga: dessa água não beberei”
A mulher samaritana ao lado do poço de Jacó.

“Os incomodados que se mudem”
Josué aos povos que habitavam as terras de Canaã.

“Atrás de um grande homem há sempre uma grande mulher”
Sansão disse a Dalila, pois ela era grande, era da li lá.

“Quem não ajuda não atrapalha”
Paulo, num acesso de raiva, disse a Barnabé, com respeito a João Marcos.

“Em boca fechada não entra mosquito”
Faraó ao povo egípcio, logo após o anúncio da praga das moscas.

“O que vem de baixo não me atinge”
O gigante Golias a Davi, antes de levar uma pedrada.

“O mar não está para peixe”
Pedro, Tiago, João no barquinho.

“Falem mal, mas falem de mim”
Bilhete encontrado no bolso de Judas.

“Quem tem pressa come cru”
Jacó a Esaú quando ele troca o guisado pela primogenitura.

“Ossos do ofício”
Ezequiel, no vale de ossos secos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: