LOBOS NA INTERNET


A internet sem dúvida veio revolucionar os meios de comunicação com sua vasta e quase ilimitada rede de informações. É uma das mais poderosas rede de informações criada na década de 1960, nos EUA, e aperfeiçoada na década de 1990.

Conecta redes de computadores locais e de longa distância existentes no mundo, que compartilham dados e informações de qualquer natureza.

Em 1995, a mais abrangente rede de informação mundial já era a Internet, que crescia no ritmo vertiginoso de dez por cento ao mês e interligava 400 milhões de usuários em mais de cem países transformando em realidade a profecia da "aldeia global".

Todavia, a despeito dos inumeráveis benefícios oferecidos, como em qualquer meio, ela tem dado margem a elementos mal intencionados e se tornado uma faca de dos gumes. Atualmente, as autoridades se vêem em alerta com quadrilhas de pedófilos que navegam facilmente pela rede, há também os sites pornográficos, os rackers, e muita coisa errada tem sido feita apenas acessando em casa seu micro computador. Os assuntos religiosos têm conseguido um lugar de não pouca relevância isto é o que mostra certa pesquisa que afirma que os assuntos mais acessados na rede são deste teor.

Os evangélicos têm usado-a largamente como instrumento eficaz de evangelização e obtido bom êxito. Entretanto, como já afirmamos os lobos existem e infelizmente muitos internautas cristãos (que não sabem distinguir entre heresia e ortodoxia) tem sido alvo destes ataques. A título de ilustração temos um tal senhor Azenilto G. Britto que se intitula “professor”. Apresenta-se sempre como evangélico. Ele diz possuir um ministério chamado “Sola Scriptura” com um site de discussões religiosas e afirma morar em Bessemer, Ala, EUA. O tal senhor trabalha com “pacotes” de “anúncios” para os seus cadastrados que segundo ele chega a 2.000 pessoas.

Costuma colocar no final de seus e-mails a seguinte frase: “Este é um ministério evangélico interconfessional e independente que não visa a promover doutrinas particulares de nenhuma denominação. Seu objetivo é oferecer à comunidade cristã evangélica temas bem pesquisados e apropriados para um aprofundamento no estudo da Palavra de Deus visando ao “crescimento na graça e conhecimento de Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo”.

Uma afirmação desta a primeira vista parece impressionar os menos avisados, é uma maneira sutil de enganar camuflando-se de cristão. Ele diz não promover doutrinas particulares e nenhuma denominação, mas o contrário é a verdade, sua intenção é promover a doutrina do “sábado” esposada pelos sabatistas. Este método de infiltrar no meio evangélico é de praxe entre os adventistas. Tanto é que enquanto outras denominações usam suas editoras com nomes próprios como é o caso da CPAD (Casa Publicadora das Assembléias de Deus) ou CPB (Casa Publicadora Batista). Eles usam o nome de “Casa Publicadora Brasileira” ocultando sua verdadeira origem, isto é claro, facilita muito o trabalho de seus colportores quando vão empurrar suas literaturas nos evangélicos.

Ele mesmo é um adventista e ex-redator da Casa Publicadora (tradutor dos livros da senhora Ellen G. White, do inglês para o português). Segundo o site adventista www.adventistas.com, foi impedido de continuar fazendo traduções dos livros da profetisa dos adventistas, porque a “administração achou que o seu pensamento não condizia com o figurino mínimo exigido pela administração”.

Todos estes materiais de estudos “aprofundados” que ele alega oferecer de forma gratuita são nada mais nada menos do que os artigos do teólogo adventista Samuele Bacchiocchi a quem ele tem um grande apreço, para não falar idolatria. Todos os estudos deste senhor Brito gira em torno das heresias deste homem. Há tempos ele vem atacando as matérias do CACP (Centro Apologético Cristão de Pesquisas) alegando que são supostas “distorções” e matérias antiadventista. A desonestidade deste homem era tamanha que ora se identificava com nomes falsos de “Severino” ou apenas anonimamente com o e-mail de “severneto”, sempre procurando debater a questão do sábado.

Depois que se atreveu a empurrar suas heresias até mesmo para o consagrado ministério “Chamada da Meia-Noite”, e a pedido do senhor Ingo Haake diretor da “Chamada da Meia-Noite”, nós o avisamos que faríamos uma carta a todos os cristãos alertando sobre sua falsa posição de evangélico. Ele não perdeu tempo e lançou um artigo antecipadamente na internet difamando membros do ICP (Instituto Cristão de Pesquisas) e do CACP.Neste e-mail ele diz:    

“Mostramos a esses irmãos que pelo menos fossem honestos e não distorcessem as palavras de outros, mas discordar segundo fontes genuínas, dados seguros, posições exatas, não torcendo o que dizem aqueles de q,uem discordam. Houve um caso em que perverteram palavras de minha própria redação,  num trecho fora de contexto do livro Consultoria Doutrinária, editado pela Casa Publicadora Brasileira, do qual participei como membro do corpo editorial” Vamos desmascarar esta mentira propalada por ele! Tudo girou em torno da pergunta se Oséias 2:11era ou não uma profecia a respeito do fim dos sábados. Eu como resposta lhe remeti um trecho do livro referido acima que atesta tal fato: “.

Quanto ao "equívoco" de Oséias, vamos deixar que os próprios adventistas respondem: "Em Oséias 2:11 está profeticamente o fim de todos os tipos de sábados por parte do povo judeu" (livro Adventista: "Consultoria Doutrinária, p.147, Ed.1979). Mas seria também razoável o senhor responder o equívoco de Isaias 56:1-7 e todo aqueles disparates do capítulo 26 do livro "O Grande Conflito", posto como "profecias". É claro que Oséias diz que o sábado seria abolido, mas os adventistas restringem isto apenas até o cativeiro, conquanto ao mesmo tempo, estendem as citações de Isaias até nossa época. Isto sim é desonestidade! Não houve perversão alguma, apenas ele formulou a pergunta de forma errada e depois se escondeu se fazendo de vítima.

Este senhor usa saudações como as dos evangélicos (Olá, amigos da comunidade de internautas cristãos. Graça e paz.), se diz evangélico, cita frases de pregadores famosos como Wesley, Moody, Lutero, Calvino, credos de igrejas protestantes tudo isto com o intuito final de passar as principais heresias adventistas que é a “guarda do sábado” e o “aniquilacionismo”.. Gosta de usar como isca estudos como “justificação pela fé” tema principal dos protestantes; alega para isto que existe uma necessidade de melhor compreensão do tema da justificação pela fé em Cristo, que segundo ele “é doutrina pouco compreendido no meio evangélico”

Ora, ele mesmo afirmou em um de seus e-mails citando e recomendando o livro “O Abalo do Adventismo” que os adventistas é que se atrapalharam durante todo o tempo nesta doutrina veja, “Mas, se o evangélico pensa que irá assistir de camarote o circo adventista pegando fogo, prepare-se para algumas surpresas. Geoffrey Paxton, autor Protestante, especialista no tema da justificação pela fé, mostra como os adventistas se atrapalharam ao longo de sua história nos debates internos sobre o tema, e ainda parecem confusos a respeito.” Parece que a ultima parte de Apocalipse 13:11 cai-lhe como uma verdadeira metáfora neste caso!

Lanço ai o alerta aos irmãos evangélicos para que pratique II João 9,10,11. Não vamos permitir sermos enganados por pessoas que se dizem ser irmãos, mas não o são II Cor. 11:26. Estamos dispostos a batalhar pela fé que uma vez por todas foi dada aos santos Judas 3.

 
 
Presbítero Paulo Cristiano da Silva
Vice Presidente do CACP.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: