O Perigo da Pornografia


 por Rev. Kenneth L. Gentry, Jr., Th.D. – 14/01/2003

O Perigo Demonstrado

1. Desejo sexual ilícito é expressamente proibido por Deus.

Romanos 13:13-14: "Andemos dignamente, como em pleno dia, não em orgias e bebedices, não em impudicícias e dissoluções, não em contendas e ciúmes; mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e nada disponhais para a carne no tocante às suas concupiscências."
Proibição: Nenhum estímulo sexual; não se dispor a satisfazer a carne
Obrigação: Portar-se apropriadamente; permanecer em Cristo

Efésios 5:3: "Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos;"
Proibição: Rejeitar a impureza
Obrigação: Viver em conformidade com a santidade

Romanos 13:14: "mas revesti-vos do Senhor Jesus Cristo e nada disponhais para a carne no tocante às suas concupiscências."
Proibição: não se dispor a satisfazer os desejos sensuais
Obrigação: permanecer em Cristo

2. Desejo sexual ilícito é sinal de rebelião contra Deus.

1 Tessalonicenses 4:3-5: "Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus;"
Proibição: Abster-se da imoralidade sexual; anular a paixão lasciva
Obrigação: Controlar seu próprio corpo (diferentemente daqueles que não conhecem a Deus)

Efésios 2:3: "entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais."
Proibição: Negar-se a ser indulgente com os pensamentos impuros
Obrigação: Uma vida de pensamentos impuros deve ser uma coisa do passado

1 Pedro 4:3: "Porque basta o tempo decorrido para terdes executado a vontade dos gentios, tendo andado em dissoluções, concupiscências, borracheiras, orgias, bebedices e em detestáveis idolatrias."
Proibição: Anular os desejos sexuais do tempo que não éramos salvos
Obrigação: Uma vida de satisfazer os desejos impuros deve ser uma coisa do passado

Gálatas 5:19-21: "Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissensões, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam."

Efésios 5:5: "Sabei, pois, isto: nenhum incontinente, ou impuro, ou avarento, que é idólatra, tem herança no reino de Cristo e de Deus."

3. O desejo ilícito deve ser confrontado pelo povo de Deus.

2 Coríntios 12:21: "Receio que, indo outra vez, o meu Deus me humilhe no meio de vós, e eu venha a chorar por muitos que, outrora, pecaram e não se arrependeram da impureza, prostituição e lascívia que cometeram."
Proibição: Abandonar a impureza e a sensualidade
Obrigação: Arrepender-se

4. O desejo ilícito é espiritualmente destrutivo.

1 Pedro 2:11: "Amados, exorto-vos, como peregrinos e forasteiros que sois, a vos absterdes das paixões carnais, que fazem guerra contra a alma," Proibição: Abster-se das paixões carnais Obrigação: Proteger a sua alma da luxúria destrutiva

5. O desejo ilícito leva ao julgamento de Deus.

Deus usa a escravidão moral como um julgamento:

Romanos 1:24, 28: "Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si … E, por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes."

1 João 2:17: "Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente."

6. O desejo ilícito é poderosamente enganoso e conduz a atos carnais.

Tiago 1:14-15: "Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte."

Romanos 7:11 "Porque o pecado, prevalecendo-se do mandamento, pelo mesmo mandamento, me enganou e me matou."

 

O Conselho Oferecido

1. Confesse seus pecados a Deus e arrependa-se deles, pedindo a Deus sua ajuda, crendo que Ele o ajudará.

1 Cor. 10:13: "Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar."
Filipenses 4:13: "tudo posso naquele que me fortalece."
Lucas 1:37: "Porque para Deus não haverá impossíveis em todas as suas promessas."

2. Ore diariamente por livramento. Nunca abandone as suas orações, lembrando-se que somente com a ajuda de Deus você será liberto.

João 15:5: "Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer."

1 Tess. 5:17: "Orai sem cessar."

3. Ore especificamente quando os desejos aparecerem.

1 Pedro 5:7-8: "lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós. Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar;"

Salmos 86:7: "No dia da minha angústia, clamo a ti, porque me respondes."

Tiago 4:7: "Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós."

Salmos 91:15: "Ele me invocará, e eu lhe responderei; na sua angústia eu estarei com ele, livrá-lo-ei e o glorificarei."

Efésios. 6:10-13, 18: "Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis. … com toda oração e súplica, orando em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos"

4. Destrua toda a pornografia que esteja em seu poder – imediatamente. Não jogue ela "por aí", em vez disso destrua-a totalmente.

Marcos 9:43-48: "E, se tua mão te faz tropeçar, corta-a; pois é melhor entrares maneta na vida do que, tendo as duas mãos, ires para o inferno, para o fogo inextinguível onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga. E, se teu pé te faz tropeçar, corta-o; é melhor entrares na vida aleijado do que, tendo os dois pés, seres lançado no inferno onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga. E, se um dos teus olhos te faz tropeçar, arranca-o; é melhor entrares no reino de Deus com um só dos teus olhos do que, tendo os dois seres lançado no inferno, onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga."

1 Cor. 6:18: "Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo."

Atos 19:17-20: "Chegou este fato ao conhecimento de todos, assim judeus como gregos habitantes de Éfeso; veio temor sobre todos eles, e o nome do Senhor Jesus era engrandecido. Muitos dos que creram vieram confessando e denunciando publicamente as suas próprias obras. Também muitos dos que haviam praticado artes mágicas, reunindo os seus livros, os queimaram diante de todos. Calculados os seus preços, achou-se que montavam a cinqüenta mil denários. Assim, a palavra do Senhor crescia e prevalecia poderosamente."

5. Desenvolva uma programa de leitura bíblica, começando com Provérbios.

João 17:17: "Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade." Salmos 1:2-3: "Antes, o seu prazer está na lei do SENHOR, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto a corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido."

6. Aproxime-se de um amigo cristão firme na fé e peça a ele que ajude você sendo alguém que o acompanhe e cobre de você.

Tiago 5:16: "Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo."

Gálatas 6:1-2: "Irmãos, se alguém for surpreendido nalguma falta, vós, que sois espirituais, corrigi-o com espírito de brandura; e guarda-te para que não sejas também tentado. Levai as cargas uns dos outros e, assim, cumprireis a lei de Cristo."

7. Evite áreas da cidade, shoppings, gêneros de música, materiais de leitura, ou qualquer outra coisa que inflame seus desejos ou ofereça oportunidades fáceis para voltar aos desejos imorais. Cancele qualquer acesso à internet que você tenha.

Salmos 119:37: "Desvia os meus olhos, para que não vejam a vaidade, e vivifica-me no teu caminho."

Provérbios 3:7: "Não sejas sábio aos teus próprios olhos; teme ao SENHOR e aparta-te do mal;"

Provérbios 4:14-15: "Não entres na vereda dos perversos, nem sigas pelo caminho dos maus. Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo;"

8. Leia literatura cristã que ajude a lidar com problemas da pornografia.

Provérbios 1:5: "Ouça o sábio e cresça em prudência; e o instruído adquira habilidade."

Provérbios 12:15: O caminho do insensato aos seus próprios olhos parece reto, mas o sábio dá ouvidos aos conselhos."

Provérbios 19:20: "Ouve o conselho e recebe a instrução, para que sejas sábio nos teus dias por vir."

9. Evite os filmes eróticos e os pornográficos.

Tiago 1:14-16: "Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte. Não vos enganeis, meus amados irmãos."

10. Quebre os relacionamentos e contatos com quaisquer "amigos" que sejam facilitadores para a pornografia.

Salmos 1:1: "Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores."

Provérbios 4:14-15: "Não entres na vereda dos perversos, nem sigas pelo caminho dos maus. Evita-o; não passes por ele; desvia-te dele e passa de largo;"

Em conclusão, lembre-se que "a fé sem obras é morta" (Tiago 2:26). Você deve, cheio de fé, determinar-se a superar os desejos pecaminosos, e deve diligentemente confrontar o problema, obstruindo todas as avenidas do pecado. Você deve ter uma fé operante e não preguiçosa, esforçando-se e confiando em Deus. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: