As Testemunhas de Jeová são uma Seita ? – 1ª Parte


 
Introdução
 
As Testemunhas de Jeová são mundialmente conhecidas pelas suas publicações (revista Despertai! e A Sentinela) e pelo seu trabalho de evangelismo feito de casa em casa.
Mas por que as Testemunhas de Jeová fazem isso? É por que elas se preocupam com a salvação das pessoas. Elas realmente crêem que estão no caminho certo, e querem compartilhar esse caminho com outras pessoas.
 
Muitas vezes são tratadas com agressividade. Mas continuam seu trabalho.
Todavia, o empenho das Testemunhas, não indica necessariamente que elas estão com a razão. Queremos dizer às Testemunhas de Jeová que visitam este site, que nós temos por objetivo mostrar aquilo que cremos ser a verdade. Não queremos agredir de forma alguma as Testemunhas de Jeová. O que nós atacamos são as doutrinas, mas não as pessoas. Nós nunca fomos Testemunha de Jeová. Fizemos este estudo por que gostamos muito de estudar sobre as religiões, e percebemos que há poucos sites em português sobre este assunto. Desta forma, nos preocupamos por que cremos que as Testemunhas não estão no caminho da verdade.
 
Tentaremos mostrar qual é a verdade. Todavia, isso se torna impossível quando não se quer ver a verdade.
 
Se você é Testemunha de Jeová, pedimos que de uma olhada nos nossos argumentos, e fique a vontade para enviar-nos críticas. Se você discordar de algo, escreva-nos. Teremos prazer em verificar seus argumentos, críticas etc.
 
Se você não é Testemunha de Jeová, esperamos que o nosso site seja útil para que você possa dirimir algumas dúvidas sobre a Sociedade Torre de Vigia (nome da organização das Testemunhas de Jeová).
 
São as Testemunhas de Jeová uma Seita?
 
Antes de mais nada, é importante sabermos o que é uma seita, para então concluirmos se determinado grupo, organização ou religião podem ou não ser caracterizado como tal. Iremos primeiramente verificar quais são os argumentos da STV:
"As crenças das Testemunhas de Jeová, baseadas inteiramente na Bíblia, impedem que se tornem uma seita ou um culto".
Despertai! de 8 de outubro de 1997, página 10.
 
O argumento da STV não é verdadeiro. Por exemplo, existe a doutrina que afirma que Cristo retornou invisivelmente em 1914. Esta doutrina está baseada em cálculos que se apóiam em uma data (607 aC), na qual Jerusalém foi destruída. Agora vem a pergunta: pode-se chegar a esta data usando somente a Bíblia? A resposta é NÃO!
Para chegar-se a data, é usado material extra bíblico. A datação da destruição de Jerusalém está baseada em dados contidos em uma tábua de escrita cuneiforme chamada de VAT 4956, e o ano de 539 aC. que é fornecido por um sacerdote caldeu chamado Beroso, que traça as linhagens dinásticas do império neobabilônico; e em Cláudio Ptolomeu (70-161 dC), um astrônomo e historiador grego, no Cânon de Ptolomeu. Dispondo das informações contidas nestas fontes, podemos datar eventos com exatidão. Só há um problema: se fundamentarmos uma doutrina nesses dados, estaremos nos baseando em algo extra bíblico, e é isso que a STV faz!
 
Sendo assim, o argumento da STV, que diz que as crenças estão baseadas completamente na Bíblia é falso, e sendo assim, a STV pode ser caracterizada como uma seita.
Outro argumento da STV é o seguinte:
 
"Há os que definam seita como um grupo que se desagregou de uma religião estabelecida. Outros aplicam o termo a um grupo que segue determinado líder ou mestre humano… As Testemunhas de Jeová não são uma ramificação de alguma igreja… Não consideram nenhum humano como seu líder” Raciocínios à Base das Escrituras, pp. 386, 387.
O fundador das Testemunhas de Jeová, Charles Taze Russel, se desagregou primeiramente da Igreja Congregacional, indo para a Igreja Adventista do Sétimo Dia, da qual também se afastou mais tarde, fundando uma classe de estudos bíblicos que deu origem a STV. Sendo assim, as Testemunhas de Jeová são uma facção de uma igreja.
"Em essência, mostramos que a Sociedade é uma organização inteiramente religiosa; que os membros aceitam como seus princípios e crença a Santa Bíblia, conforme explicada por Charles Taze Russel"
(Anuario das Testemunhas de Jeová de 1976, p 106)
"Todos os Estudantes da Bíblia, seguidores do Pastor Russel, sabem como urgentemente…"
(The Finished Mistery, edição de 1917, p 126).
As Testemunhas de Jeová seguem a Russel, logo são uma seita. Veja você que os princípios para verificar se determinado grupo é ou não uma seita são tirados das próprias publicações da STV.
 
Com todos estes dados, nós podemos verificar que as próprias publicações das "testemunhas" as caracterizam como seita, e que suas crenças não estão baseadas inteiramente na Bíblia.
 
Características:
 
A seita Testemunhas de Jeová é mundialmente conhecida pelas suas publicações (revista Despertai! e A Sentinela) e pelo proselitismo feito de casa em casa visando geralmente os cristãos com pouco conhecimento bíblico e teológico.
 
Em sua "evangelização", apresentam uma série de versículos isolados do contexto, fazendo com que o indivíduo abordado questione sua fé com respeito, geralmente, quanto à Trindade, ao inferno eterno e à destruição da Terra. Quando questionados, ou quando tenta-se apresentar as realidades quanto as doutrinas e quanto a seita, afirmam que estão sendo perseguidos. O senso de perseguição é uma grande características das Testemunhas de Jeová. Estas, porêm, quando afirmam que estão sendo perseguidas, não lembram que suas publicações estão recheadas de ataques ao cristianismo ortodoxo. As testemunhas de Jeová são condicionadas a terem um preconceito pelos cristão, pois suas publicações são tendenciosas, e cheias de citações fora de contexto e de mentiras.
 
Possuem uma mensagem escatológica (o fim do mundo), o que é uma característica típica das seitas, bem como o elevado proselitismo.
Negam a doutrina da Trindade, afirmando que Jesus é uma criatura. Esta não é uma heresia nova, pois foi defendida por Ário, por volta de 323 dC. Afirmam que o Espírito Santo é a "força ativa de Deus", sendo assim impessoal. Desta forma, fecham os olhos a toda história da igreja primitiva, a qual era trinitariana. Negam também que a Terra será destruída. Afirmam que Jesus voltou em 1914, e para fundamentar a afirmação, fazem cálculos engenhosos, que, porém contradizema Bíblia e a arqueologia. Esta doutrina (a de 1914) está baseada em material pagão.
 
Crêem que Jesus ressucitou somente em espírito, e não em corpo.
Possuem uma tradução própria da Bíblia, chamada Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas(TNM) a qual em versículos estratégicos, difere em muito das outras versões (principalmente nos versículos que se referem à Deidade de Jesus e do Espírito Santo).
É uma obra tendenciosa, viciada e sem nenhum apoio erudito.
 
Crêem que somente 144.000 pessoas estarão no céu com Deus. Estes, são os "ungidos". O restante dos salvos ficarão na terra, a qual após a batalha do armagedom, será transformada em um paraíso.
 
Consideram o protestantismo e o catolicismo, bem como as doutrinas da Igreja, como falsos, e satânicos. Desta forma, indiretamente afirmam que aqueles que não fazem parte da Sociedade Torre de Vigia (STV), serão condenados.
 
Mudam constantemente de doutrina. Como argumento para isto, dizem que a iluminação é progressiva (Pv 4:18). Sua história demonstra falsas profecias, e mudanças de doutrinas que servem para "tapar os furos". Argumentam também que os apóstolos e os profétas do A.T. não conheciam claramente os ensinos de Deus, e da mesma forma a STV por não conhecer inteiramente a Deus (pois a iluminação é progressiva), faz alguns "ajustes". Porém cabe lembrar que nunca algum profeta de Deus profetizou falsamente, ou então mudou completamente de posição ante determinado assunto.
 
A STV já profetizou a ressureição dos patriarcas. Já disse que vacinas são satânicas, já disse que o alumínio é o metal do diabo, e depois mudou de opinião. Parece que a "luz da aurora" pisca, ao invés de brilhar cada vez mais. É vergonhoso para uma sociedade que diz que recebe orientação divina, apresentar tantas mudanças e contradições em suas doutrinas. Isto não ocorria de forma alguma com os profetas!
Quando se apresenta estes fatos, as Testemunhas dizem que isso é "coisa de político em época de campanha". O problema é que quem afirma que sua organização é a "organização de Deus", e além disso difama o cristianismo, teria que pelo menos ter autoridade para o fazer. Isso as Testemunhas não tem.
 
Outro problema é que as Testemunhas dependem da organização para receber o alimento espiritual. Os cristãos não dependem de organizações, mas sim do Espírito Santo (Jo 14:26).
 
Afirmam que sua crença é baseada somente na Bíblia, mas a verdade não é bem essa. Por exemplo, nos cálculos da volta de Jesus em 1914, fazem uso de algo chamado Tempo dos Gentios, com duração de 2520 anos. Isso não tem base bíblica alguma, mas sim surgiu da mente do fundador da seita, Charles Russel. Este é somente um exemplo de que muitas de suas doutrinas não têm base bíblica.
Na sua organização (STV), existem alguns chamados "ungidos". Estes "ungidos" compõe o Corpo Governante, que é o que dita as regras e as doutrinas da seita. São eles também que fazem as mudanças de doutrinas. Já profetizaram vários acontecimentos, mas nenhum se cumpriu, e isto torna o "Corpo Governante" um falso profeta.
 
"Mas o profeta que tiver a presunção de falar em meu nome alguma palavra que eu não tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá. E, se disseres no teu coração: Como conheceremos qual seja a palavra que o Senhor falou? Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás." Deuteronômio 18:20-22
 
"E disse-me o Senhor: Os profetas profetizam mentiras em meu nome; não os enviei, nem lhes dei ordem, nem lhes falei. Visão falsa, adivinhação, vaidade e o engano do seu coração é o que eles vos profetizam." Jeremias 14:14
 
Histórico da Seita
 
Nós, como seguidores de Cristo, temos de dar uma maior atenção ao conhecimento das Escrituras, observação e crítica de valores em desacordo com a Bíblia, e leitura de livros. O povo evangélico é o que menos lê. Será que se nós fôssemos Judeus ná época em que Cristo veio, não seríamos nós que o crucificaríamos por falta de conhecimento das Escrituras? Hoje, por falta de conhecimento das Escrituras, muitos cristãos são levados ao engano pelas seitas.
Que Deus possa nos capacitar, e nos fortalecer, como corpo, para em Nome de Jesus, ser a luz do mundo, o sal da terra, e poder dar mais gosto à vida daqueles que trilham a vida sem sentido que é estar separado do Criador.
 
A ênfase maior na nossa página daremos à contestação das doutrinas, e da história comentaremos brevemente as fases de Russel e de Rutherford.
 
O fundador da seita que conhecemos hoje como Testemunhas de Jeová, foi Charles Taze Russel. Russel nasceu em 1852, e teve ensinamento religioso em uma Igreja Congregacional. Russel porém, ainda bem jovem, rejeitou a doutrina do castigo eterno, e talvez por esse motivo se sentiu atraído pelas doutrinas adventistas. Russel mais tarde também abandonou o adventismo, e em 1870 fundou uma classe de estudos bíblicos, em Pittsburgh, Pensilvânia, EUA, da qual, em 1876, elegeu-se "pastor".
 
Russel passou a fazer discípulos e a publicar, em julho de 1879, uma revista chamada A Torre de Vigia de Sião e Arauto da Presença de Cristo, com uma tiragem de 6.000 exemplares. Em 1884, Russel registrou a organização Zion´s Watch Tower Tract Society, que em 1886 publicou o primeiro de uma série de livros, cujo autor dos primeiros seis foi o próprio Russel. Hoje estes livros têm o nome de Estudos das Escrituras, mas primeiramente foram chamados de Aurora do Milênio. Para que você tenha uma idéia dos ensinamentos de Russel, observe este trecho da revista Watctower, de setembro de 1910, p. 298:
 
"Os seis temas de Estudos das Escrituras constituem praticamente a Bíblia. Não são meramente um comentário acerca da Bíblia, mas praticamente a própria Bíblia… Não se pode descobrir o plano divino estudando a Bíblia. Se Alguém coloca de lado os Estudos, mesmo depois de familiarizar-se com eles e se dirige apenas à. Bíblia, dentro de dois anos volta às trevas. Ao contrário, se lê os Estudos das Escrituras com as suas citações, ainda que não tenha lido sequer uma página da Bíblia, ao cabo de dois anos estará na luz".
Aqui nós vemos a afirmação assombrosa de que não se pode ser salvo lendo a Bíblia. Os livros de Russel são postos acima da Bíblia. Hoje em dia não é muito diferente, pois as Testemunhas de Jeová (todas elas) lêem A Sentinela, e Despertai!, e aqueles que não fazem parte da Organização de Deus, segundo ela própria, serão destruídos. Esta é uma característica típica de seita exclusivista.
 
Falsa Profecia: A "Geração" de 1914
 
Parece que a "nova luz" é cada vez mais nova, e contraditória. Concordamos que os profetas e os apóstolos também tinham uma revelação progressiva das verdades bíblicas, porém nunca estes profetizaram falsamente, nunca negaram algo que outrora afirmavam, e nunca atribuíram algo que era pensamento meramente humano a Jeová.
 
O Tempo é o Maior inimigo dos Falsos Profetas.
 
O Corpo Governante parece estar pisando em ovos. Veja a que ponto chegam as contradições:
 
"Até se presumirmos que se os jovens de 15 anos teriam suficiente percepção mental para discernir a importância do que aconteceu em 1914, isso ainda faria com que os mais jovens desta geração tivessem quase 70 anos atualmente. Assim, a grande maioria da geração a que Jesus se referia já havia desaparecido na morte. Os restantes atingem a velhice. E, lembre-se, Jesus disse que o fim deste mundo iníquo viria antes de tal geração desaparecer na morte. Isto em si nos informa que não podem ser muitos anos antes de chegar o fim
predito." Despertai!, 22/09/1969, p 14-15.
 
Veja que parece que o fim será na década de 70. Será?
 
 
Mas a geração, se refere aos bebês nascidos em 1914, ou aos que já tinham certo "discernimento"?
"Assim, tratando-se da aplicação ao nosso tempo, a "geração", logicamente, não se aplicaria aos bebês nascidos durante a Primeira Guerra Mundial. Aplica-se aos seguidores de Cristo e a outros que puderam observar aquela guerra e as outras coisas ocorridas em cumprimento ao "sinal" composto indicado por Jesus. Algumas destas pessoas "de modo algum passarão até" que tenha ocorrido tudo o que Jesus profetizou, inclusive o fim do atual sistema iníquo."
 
A Sentinela, 15/01/1979, p 32.
 
Sim, a geração se refere às pessoas que já percebiam as coisas, ou seja, cerca de 15 anos em 1914. Então, em 2000, estas pessoas têm 101 anos, certo? Mas então o dia está chegando… É melhor arranjar mais tempo, fazendo assim:
"Se Jesus usou a palavra "geração" nesse sentido, e se aplicarmos a 1914, então os bebês daquela geração têm agora 70 anos ou mais."
 
A Sentinela, 15/11/1984, p 05.
 
Ufa! Agora temos um pouco mais te tempo, pois não mais se refere às pessoas de 15 anos, mas sim aos bebês nascidos em 1914. Mas estes já estão novamente envelhecendo! O que o Corpo Governante poderá fazer para não perder a credibilidade, e ficarem expostas suas falsas profecias? É fácil: É só atribuir as suas próprias especulações aos seguidores, e mudar "um pouquinho" o modo de interpretação.
Veja como ficou fácil:
"O povo de Jeová, ansioso de ver o fim deste sistema iníquo, às vezes tem especulado sobre quando irromperá a "grande tribulação", até mesmo relacionando isso com cálculos sobre a duração da vida duma geração desde 1914.
No entanto, "introduzimos um coração de sabedoria", não por especular sobre quantos anos ou dias constituem uma geração, mas por refletir em como "contamos os nossos dias" em tal alegre louvor a Jeová. (Salmo 90:12). Em vez de estabelecer uma regra para a medição do tempo, o termo "geração", conforme usado por Jesus, refere-se principalmente a pessoas contemporâneas de um certo período histórico, com as características indicadoras delas".
 
.A Sentinela, 01/11/1995, p. 17.
 
Agora sim o Corpo Governante conseguiu prolongar sua "credibilidade". Atribuiu suas velhas "verdades" às Testemunhas de Jeová, e deu uma desculpa esfarrapada. Assim é que agem os falsos profetas! E o pior não é tudo: O Corpo Governante atribui suas falsas profecias a Jeová!
 
"A palavra profética de Jeová mediante Cristo Jesus diz: "Esta geração (de 1914) de modo algum passará até que todas estas coisas ocorram." (Lucas 21:32). "E Jeová, que é a fonte de profecias inspiradas e infalíveis, fará com que as palavras de seu Filho se cumprir num prazo de tempo relativamente curto."
Isaías 46:9-10, 55:10-11
A Sentinela, 15/11/1984, p. 07.
 
Falsa Profecia usando o nome de Jeova! O que a Bíblia diz sobre isso?
"Mas o profeta que tiver a presunção de falar em meu nome alguma palavra que eu não tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá. E, se disseres no teu coração: Como conheceremos qual seja a palavra que o Senhor falou? Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás." Deuteronômio 18:20-22
 
O Corpo Governante está em uma situação difícil: ou elimina todas as publicações antigas, que evidenciam suas falsas profecias, ou assume que é um falso profeta. É isso que eles chamam de "orientação teocrática"?
Será que Deus é que passa tais falsas profecias ao Corpo Governante?
 
Claro que não!
Todas as profecias não cumpridas e todas as contradições revelam que a religião do Corpo Governante não passa de pensamentos meramente humanos. Deus não pode ter parte em uma organização que se auto-intitula "canal de comunicação entre Deus e os homens", a qual profetiza falsamente, e mente para encobrir o seu passado.
 
Beth Sarim – Casa dos Profetas?
 
Em antecipação à breve ressurreição dos profetas bíblicos e patriarcas, Joseph Rutherford, presidente da Torre de Vigia Bíblias e Tratados comissionou a construção de uma casa em San Diego, Califórnia. Esta, deveria ser a casa para Abraão, Isaac, Jacó, Moisés, Davi, Samuel e todos os mencionados em Hebreus capítulo 11.
Porém, como a festa bíblica não ocorreu, o vergonhoso incidente Beth-Sarim teve que ser abafado.
Começando em 1920, Rutherford declarou, "Como nós já declaramos anteriormente, o grande ciclo de jubileu começará em 1925. Neste tempo a fase terrestre do reino será reconhecida".
Como seria reconhecida?
Que evento introduziria o reino?
 
Rutherford explicou, "nós podemos esperar confiantemente que 1925 marcará o retorno de Abraão, Isaac, Jacó e os profetas antigos e fiéis, particularmente os citados pelo apóstolo em Hebreus capítulo onze, sob condições humanas perfeitas " (Millions Now Living Will Never Die, pp. 89-90).
 
Esta era uma profecia excitante.
 
As Testemunhas de Jeová espalhavam a notícia ao redor do mundo da manifestação física destes patriarcas bíblicos. Quando chegou 1925, Abraão e os demais não apareceram, alguns seguidores de Rutherford abandonaram a seita.
Outros ainda continuaram acreditando, e que eles se atrasariam um pouco, mas chegariam, e que a tripulação de Hebreus 11 regressaria brevemente. Embora o fato não tivesse acontecido, ainda em 1929 era um assunto de muita excitação.
Por isto, Rutherford, percebendo que o espetáculo de Abraão e companhia finalmente chegava, e estes iriam precisar de um lar, deu instruções para construir uma casa para eles. No seu livro, Salvação, Rutherford menciona esta casa e seu propósito de construção:
"Em San Diego, Califórnia, há um pedaço pequeno de terra no qual, no ano 1929, foi construída uma casa que é chamada e conhecida como Beth Sarim. As palavras hebraicas Beth Sarim significam” Casa dos Príncipes “e o propósito de adquirir esta propriedade e construir a casa era uma prova tangível que haviam pessoas na terra hoje que acreditam plenamente em Deus e Cristo Jesus e no seu reino, e que acreditam que os homens fiéis serão ressuscitados em breve pelo Senhor, e regressarão à terra, e se encarregarão dos negócios visíveis da terra "(pág. 311).
 
Com a casa agora construída, não havia nada que fazer senão esperar. E eles esperaram, até 1942.
Rutherford escreveu o último livro da sua vida, mencionando novamente Beth-Sarim e Abraão. Ele escreveu, "esses homens fieis podem ser esperados de volta mais dia menos dia. As Escrituras dão boas razões para acreditar que isto deve acontecer em breve, pouco antes do Armagedom começar".
 
"Com a expectativa a casa em San Diego, Califórnia ganhou muita publicidade pela ação maliciosa do inimigo, a qual foi construída, em 1930, e nomeada "Beth-Sarim" significando "Casa dos Príncipes" e é agora guardada a confiança da ocupação por esses príncipes no seu retorno" (The New World, pág. 104).
 
Note que Rutherford disse que foi "guardada a confiança". De fato, a ação tem vários pontos muito interessantes. Explica, que o reino de Deus terá os representantes visíveis na terra, os quais tocarão os negócios das nações sob a supervisão do governante, Cristo invisível, e que os representantes fiéis e os governadores visíveis do mundo serão Davi, Israel, Gideão, Sansão, José, Samuel o profeta e outros homens fieis que foram nomeados com aprovação na Bíblia em Hebreus 11."
"A condição aqui é que a Torre de Vigia Bíblias e Tratados terão perpetuamente o título de confiança para o uso de qualquer ou todos os homens como representantes do reino de Deus na terra, e tais homens possuirão e usarão as propriedades descritas como eles quiserem para o melhor interesse pelo trabalho no qual eles são comprometidos".
Porém, havia uma cláusula condicional colocada na ação. Até Davi, Abraão ou outro chegar, "Joseph F. Rutherford terá o direito e privilégio de residir na dita” casa" até a mesma ser tomada na chegada de Davi ou alguns dos outros homens citados, e esta propriedade é dedicadas a Jeová para o uso do Seu reino, e será usada como tal para sempre" (ação datou de 24 de dezembro de 1929).
A ação que foi assinada por Rutherford tem três artigos:
Primeiro, Beth-Sarim foi construído para o propósito expresso de moradia para os patriarcas.
Segundo, entretanto Rutherford poderia morar na casa, ele só poderia fazer assim até alguém de Hebreus 11 chegar.
Terceiro, Beth-Sarim permaneceria no perpétuo uso de reino de Jeová. Assim, a STV teria certamente esta propriedade sempre.
Talvez não seja necessário explicar, mas ninguém de Hebreus 11 chegou para ocupar Beth-Sarim.
Como resultado, Rutherford passou os últimos anos da vida dele nesta mansão bonita enquanto seus seguidores sofreram em pobreza durante a Grande Depressão dos anos 30.
Mais adiante, alguns anos depois da morte de Rutherford, Beth-Sarim era vendida. Em 1948 esta casa estava vendida, e o ensinamento relativo ao "retorno dos antigos" foi quietamente abafado em 1950 (Millions Now Living Will Never Die: A Study of Jehovah’s Witnesses, Alan Rogerson, p. 48).
Há um epílogo a esta história. Em 1975 a STV publicou um livro que mencionou Beth-Sarim. Porém, a informação só contida em suas páginas, serve somente para complicar a credibilidade histórica da STV.
Desde seu início, era dito que Beth-Sarim tinha sido construída para Abraão e amigos. Este livro parece contar uma história completamente diferente:
"Naquele tempo, uma contribuição direta foi feita com a finalidade de construir uma casa em San Diego para o uso do Irmão Rutherford. Isto não foi construído às custas da STV. Relativo a esta propriedade, declarou o livro Salvação, de 1939: Em San Diego, Califórnia, há um pedaço pequeno de terra no qual, no ano 1929, foi construída uma casa que é chamada e conhecida como Beth-Sarim"
(1975 Anuário das Testemunhas de Jeová, pág. 194 (em inglês).
Há dois problemas com esta declaração do Anuário.
Primeiro, a STV disse que foi construída para uso do Irmão Rutherford quando de fato, de acordo com o próprio Rutherford, a casa foi construída para os patriarcas de Hebreus!
Segundo, o escritor das citações do Anuário cita Rutherford falsamente, fazendo com que Rutherford diga o oposto do que ele disse de fato.
O autor do Anuário cita o livro Salvação, escrito por Rutherford que menciona Beth-Sarim. Porém, o autor do Anuário só conta parte da história. Mais acima neste artigo, a citação completa do livro Salvação foi exposta. Comparando as duas citações, vemos que claramente a STV mentiu.
Embora Rutherford reivindicasse ter sabedoria profética, ele fez muitas falsas profecias. Uma destas profecias concerniu a predição de 1925, relativa ao retorno de Abraão e outro patriarcas bíblicos. O encobrimento destes problemas embaraçosos do passado na época atual tem dado trabalho a STV, pois são falsas profecias, mas a fim de abafar os fatos, a Sociedade mente novamente. Talvez pior de tudo, é o fato que fazendo assim, a STV está mentindo agora aos próprios seguidores.
Com as informações acima, nós podemos ver que Rutherford está na galeria dos falsos profetas. Isto é vergonhoso para uma organização que se auto declara "o canal de Deus para os homens". Há muitas outras "profecias" não cumpridas na STV.
O Que a Bíblia diz sobre isso?
 
"Quando o profeta falar em nome do Senhor e tal palavra não se cumprir, nem suceder assim, esta é a palavra que o Senhor não falou; com presunção a falou o profeta; não o temerás". Deuteronômio 18:22
Veja a "casa":
Anúncios

6 responses to this post.

  1. a biblia nos énsina no livro de judas….v .22.e 23que temor que ter misericórdia por eles

    Responder

  2. Posted by Ricardo Silva on abril 26, 2011 at 10:56 am

    Depois de ler o vosso comentário relativo às intrepretações que a STV dá relacionados com certos assuntos e usando um pouco de discernimento rapidamente concluimos que a imperfeição humana existe em todos nós e que a propria Bíblia diz que se abrirão novos rolos; o que significa que nem tudo é de pleno conhecimento nesta altura em que estamos a viver os tempos do fim. Futuramente, Deus nos dará luz e discernimento para entender as coisas que se calhar hoje ainda não conseguimos entender na sua plenitude.
    É claro que ao longo do tempo, vamos tendo cada vez uma maior clarividência em certos assuntos à medida que lemos repetidas vezes a Bíblia, meditamos e APLICAMOS os ensinos nela contidos.
    Quanto à questão da Trindade, parece-me óbvio que Deus é o pai, Jesus é o filho e o Espírito Santo é a força activa com a qual Deus cumpre os seus propósitos.
    Jesus disse que “o seu alimento era fazer a vontade daquele que o enviou e completar a sua obra” (João 4:34).
    Jesus disse também quando falava com alguns dos Fariseus; que “falou das coisas que viu junto do seu pai” (João 8:38).
    Quando a Bíblia nos relata em (João 14:28) que Jesus disse que ia para o pai e o pai é maior que ele e ainda após a sua ressureição pediu a Maria que não o agarrasse porque ainda não tinha ascendido ao pai(João 20:17) e quando ascendeu aos céus sentou-se à direita do Pai (Marcos 16:19), concluimos rapidamente que Jeová-Deus (O pai) e Jesus (o filho) são duas pessoas espirituais diferentes e o Espírito Santo é a força activa de Deus e não três em uma só pessoa como diz a doutrina da Trindade.

    Muito obrigado e um bem haja a todos vós.

    Ricardo.

    Responder

  3. Posted by ziel on agosto 26, 2011 at 9:27 pm

    para que as pessoa nao fique sendo lixada como jesus disse, que nos todos temos que ter o conhecimento do deus todo poderoso e daquele que enviaste jesus cristo. conhecimento do pai e do filho para que todo nos ganha a maravilhosa vida eterna joao 17;3 temos que fazer a vontade do pai disse jesus, jesus tambem deu uma maravilhosa ordem ide e fazei discipolos de pessoas de todas as naçoes.mateus 28;19 essa e uma obra que começou por jesus e esta ate hoje pregando o amor de deus para todos que querem saber da verdade.e cada dia no templo e de casa em casa continuavam sem cessar a ensinar e a declara as boas novas a respeito do cristo jesus. atos 5;42

    Responder

  4. Posted by cícero on outubro 10, 2011 at 8:25 pm

    gostei muinto do relato, achei perfeito.
    Quanto ,a,trindade, veio a confiramar que que não se trata de,treis pessoas
    como dizem: e sim pai e filho e a forsa ativa de Deus.

    Responder

  5. Posted by paulo sergio de paiva on novembro 1, 2013 at 1:04 am

    neste mundo globalizado devemos ter em nosso espirito dissernimento pelo espirito santo para conhecemos a verdade oculta nas coisas que vemos e ouvimos

    Responder

  6. Posted by Bruna Mannuela on novembro 19, 2013 at 1:08 pm

    Oie so uma coisa nao sou testetemunha de jeova e nem evagelica acredito em Deus mais inda nao encontrei a religiao certa pra mimn ..
    to ate analizando alguns relatos sobre cada religiao que eu conheço

    1 os judeus pra mim ja saiu de linha pq li na bliblia que eles n sao mais o povo escolhido por Deus

    2 catolicos a bliblia e clara em exodo 20:4 5 q nao se deve fazer nenhuma imagem para tim nem do que ha nos ceus na tero ou embixa da terra

    3 evagelicos eles nao obedecem a bliblia toltalmente mais sim por partes
    1 eles usam roupas idecentes
    2 saem pegando geral
    3 alguns dizem que tem que dar o dizimo e outros nao
    4 eles nao sao unidos em uma unica palavra

    5 eles nao tem amor entre vos alguns mal se falam a bliblçia diz que os dicipulos de deus seriam reconhecido pelo amor entre vos

    7 nao pregam de casa em casa isso foi uma ordem dde jesus eu li na bliblia

    8 e alguns igrejas evagelicas ate dizem que o pai e o filhop sao o mesmo e outras dizem que nao ..

    vo para por aquii so acho que Deus nao e um Deus de meias verdades mais sim de verdades inteiras se ele deixou a bliblia e pra ser lida e estudada com muito carinho e obedecer suas palavras cada uma deles nao so as que agente quer …

    nao vou falar sobre as testemunhas de jeova porque ainda nao estudei sobre aliais e oque eu vou começar a fazer hj analizar as testemunhas de jeova quem sabe la encontro a verdade ne?

    abem diz a palavra de deus q o seu povo iria ser odiados por muitos .. e eles sao os unicos que as pessoas falam mal comigo ate agr

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: